terça-feira, 17 de março de 2015

A rota da Índia

E porque leitura é viagem, aromas e perfumes do vasto mundo acompanharam também as palavras, pimenta, canela, açafrão, gengibre.  
Aos sentidos inebriados, juntaram-se as texturas  das sedas e refez-se o Caminho Marítimo para a Índia, em caravelas de grão. 


A língua em viagem!

Sem comentários:

Publicar um comentário